Extravio de bagagem

Quais são os pro­ble­mas mais co­muns en­fren­ta­dos por pas­sa­gei­ros em via­gens.

O que fazer?

Comunique o fato, i­me­dia­ta­men­te, a com­pa­nhia aérea. A re­cla­ma­ção, no caso de ex­tra­vio de ba­ga­gem, deve ser feita logo após o de­sem­bar­que – de pre­fe­rên­cia, pro­cu­re a sua com­pa­nhia aérea ainda na sala de de­sem­bar­que. Tenha em mãos o com­pro­van­te de des­pa­cho de ba­ga­gem.

A sua reclamação deve ser re­gis­tra­da em for­mu­lá­rio pró­prio dis­po­ni­bi­li­za­do pela com­pa­nhia aérea (Registro de Ir­re­gu­la­ri­da­de de Ba­ga­gem – RIB – ou qualquer outro do­cu­men­to es­cri­to for­ne­ci­do pela com­pa­nhia aérea).

A ba­ga­gem pode per­ma­ne­cer na con­di­ção de ex­tra­vi­a­da por até 7 dias em voos na­cio­nais e 21 dias em voos in­ter­na­cio­nais, con­ta­dos da data do pro­tes­to ou do Re­gis­tro de Ir­re­gu­la­ri­da­de de Ba­ga­gem (RIB).

Explicando melhor: a com­pa­nhia aérea, no caso de voo na­cio­nal, tem o prazo de 7 dias para res­ti­tuir a ba­ga­gem ex­tra­vi­a­da. Por­tan­to, não basta apenas lo­ca­li­zar a ba­ga­gem no prazo re­gu­la­men­tar, a com­pa­nhia aérea mantém-se ina­dim­plen­te se, no prazo re­gu­la­men­tar, a ba­ga­gem não for de­vol­vi­da ao con­su­mi­dor.

Na hipótese de voo in­ter­na­cio­nal, esse prazo é de 21 dias, valendo todas as con­si­de­ra­ções te­ci­das acima na es­pé­cie.

A ba­ga­gem sendo lo­ca­li­za­da, a com­pa­nhia aérea deve devolve-la no en­de­re­ço in­for­ma­do pelo pas­sa­gei­ro. É im­por­tan­te frisar que a com­pa­nhia aérea não pode exigir que a ba­ga­gem seja entregue no ae­ro­por­to.

Se a ba­ga­gem não for restituída ao con­su­mi­dor no prazo re­gu­la­men­tar, a com­pa­nhia aérea tem o dever de in­de­ni­zar o pas­sa­gei­ro no prazo de 7 dias.

O valor da indenização, caso a mala não seja res­ti­tuí­da ao con­su­mi­dor é de 1.131 Di­rei­tos Especiais de Saque (DES). O montante da in­de­ni­za­ção pode alcançar até R$ 6.424,87 – valor para no­vem­bro/2019.Quem somos

E se a ba­ga­gem for ex­tra­vi­a­da de con­su­mi­dor fora do meu domicílio?

O con­su­mi­dor que esteja fora de seu do­mi­cí­lio tem o di­rei­to ao res­sar­ci­men­to das despesas e­ven­tual­men­te rea­li­za­das no período em que a com­pa­nhia aérea tem para lo­ca­li­zar a mala ex­tra­vi­a­da. Por exemplo, se o con­su­mi­dor ne­ces­si­tar comprar roupas e calçados, ou outros artigos in­dis­pen­sá­veis, que tenha ficado em sua ba­ga­gem perdida.

O ressarcimento dos valores e­ven­tual­men­te gastos deve ser feito em até 7 dias após a a­pre­sen­ta­ção dos com­pro­van­tes pelo con­su­mi­dor.

Observamos que o re­gu­la­men­to da ANAC de­ter­mi­na que a forma e os limites do res­sar­ci­men­to são es­ta­be­le­ci­dos, con­tra­tual­men­te, pela própria com­pa­nhia aérea.

Se você teve a ba­ga­gem ex­tra­vi­a­da e o problema não foi re­sol­vi­do sa­tis­fa­to­ria­men­te, entre em con­ta­to co­nos­co e re­la­te-nos o seu pro­ble­ma para que pos­sa­mos ana­li­sar o caso e apre­sen­tar a nos­sa pro­pos­ta de so­lu­ção. Fale conosco usando o for­mu­lá­rio abaixo ou ligue para nós no telefone (11) 4765-4056, pa­ra que pos­sa­mos a­na­li­sar o seu caso e de­ter­mi­nar se o seu caso é pas­sí­vel de in­de­ni­za­ção.Quem somos

Como podemos ajudar?

Relate-nos o problema en­fren­ta­do com a sua bagagem durante a viagem e, em breve, re­tor­na­re­mos o contato.

Ahumada|Watanabe - Foco em Direito do Consumidor
  • Av. Sen. Vergueiro, 2123 - Conj. 1205-1210
    São Bernardo do Campo - SP - 09750-001
  • (11) 4765-4056
  • (11) 3323-1998
  • contato@watanabe.adv.br
Call Now Button Rolar para cima